Type

Database

Creator

Date

Thumbnail

Search results

You search for morte and 20,950 records were found.

Procura-se, neste ensaio, descrever traços fundamentais da era chamada pós-moderna, considerando como elemento determinante a "morte de Deus" proclamada por Nietzsche, de onde decorrem o niilismo e o relativismo. Apresentam-se algumas incidências pastorais da situação.
La morte inaspettata perinatale e la sindrome della morte improvvisa del lattante (SIDS: Sudden Infant Death Syndrome) si configurano come un problema multifattoriale che, non avendo ancora trovato sul piano clinico una sistemazione univoca, vede coinvolta l’anatomia patologica come una componente fondamentale della problematica nosologica. I risultati di approfonditi studi neuropatologici hanno messo in evidenza la presenza pressoché costante di anomalie congenite di differenti strutture del sistema nervoso autonomo, comuni sia della morte inaspettata fetale che della morte neonatale e della SIDS. In particolare è stata messa in rilievo, in oltre la metà dei casi la presenza di ipoplasia del nucleo arcuato, componente chemorecettoriale della superficie ventrale del midollo allungato. Tale ipoplasia era frequentemente associata, nelle...
Resumo: O tema que embasa este trabalho tem origem na inserção das autoras, em 2010, em um grupo de apoio a enlutados majoritariamente composto por mães que perderam filhos. A escuta da narrativa dessas mães suscitou diversos questionamentos acerca da "dor que não tem nome", conforme definida pelas participantes do grupo. A perda de um filho, objeto de amor de grande investimento libidinal, produz nas mães muita tristeza e pouca perspectiva de reconstruírem suas vidas. A aproximação e o atendimento clínico dessas mães convocaram à investigação das questões implicadas nesse sofrimento, com vistas a contribuir com o constante processo de desconstrução e construção da clínica psicanalítica. Justifica-se esse trabalho pela riqueza contemplada nas pesquisas psicanalíticas que surgem da escuta clínica. O tema é de genuína relevância por ter ...
Resumo: O presente trabalho visa analisar a ideia de morte em Montaigne conforme ela se apresenta em seus primeiros ensaios, aqueles pertencentes à chamada “fase estoica”. Sempre que conveniente e possível comparamo-los às passagens de Sêneca que serviram de base às reflexões montaigneanas e aos ensaios mais maduros de modo a podermos nos pronunciar com relação à questão da evolução dos Ensaios, mais especificamente, com relação à existência, ou não, de uma “fase estoica” em seu pensamento. A análise do papel da razão é central ao longo de todo o estudo porque conforme este mude, ou não, há uma repercussão direta sobre a suposta evolução. O conceito de natureza ocupa papel de igual destaque uma vez que cremos ser na conjugação entre as funções da razão e da natureza que a filosofia de Montaigne adquire um de seus importantes traços de ...
Dissertação de mestrado em Psicologia da Educação, Desenvolvimento e Aconselhamento, apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
Neste texto apresentam-se os principais aspectos dos rituais da morte identificados em diversos dólmenes do Norte do Alentejo
A apoptose apresenta-se como uma forma de morte celular programada que tem um papel determinante na homeostasia tecidular dos organismos multicelulares. A caracterização fenotípica da apoptose inclui: condensação da cromatina, fragmentação de DNA, externalização da fosfatidilserina, vacuolização, activação de caspases e aumento de produção de radicais oxigénio reactivos. Desequilíbrios no binómio proliferação/morte celular encontram-se associados a múltiplas patologias prevalentes. São exemplos paradigmáticos as neoplasias que envolvem com frequência este tipo de desequilíbrios. Este trabalho foca igualmente aspectos semelhantes noutras patologias como as doenças auto-imunes, viroses, Alzheimer e doença de Parkinson. Esta perspectiva global permite perceber a abrangência do impacto e papel da apoptose na fisiopatologia de variados proc...
Morrer será já não ser? O não-ser? E como nos resignarmos a um não-ser, quando, mesmo num corpo lívido e inerte de um ser amado, presenciamos em cada instante o seu sorriso, as suas afeições, os seus projectos omnipresentes e, todavia, sem matéria? Viver encarna a consciência, a afeição. A consciência pessoaliza, constrói um sentido, dota a existência de significação, segundo uma escolha singular. Então, como aceitar tão fria abstracção, desvitalizada de sentido e despersonalizante? Como aceitar não ser, sendo-se? A não ser que a morte, também ela, signifique... E significar, perpetua a vida ainda, e uma vez mais. Investi-la de significado é dotá-la de vida. O que remete para a transfiguração, mutação ou qualquer outro fenómeno vital. Após a niilificação tenebrosa, eis que o eterno dá à luz no seio da vontade humana. Até para um suic...
Com a presente dissertação pretende-se efectuar um estudo teórico sobre a distribuição dos espaços sepulcrais, tipologia de ritos, posição dos corpos e espólio arqueológico caracterizador dos mesmos na Idade Média, através da análise dos documentos e testemunhos obtidos nas escavações arqueológicas efectuadas, nos últimos anos, em Lisboa e no seu termo. Para tal, recorreu-se à análise comparativa dos resultados de intervenções arqueológicas igualmente efectuadas nos termos de Sintra e de Odivelas, permitindo a realização de abordagem regional e possibilitando assim a eventual diferenciação entre enterramentos em meio rural e em meio urbano. Tal análise proporcionou um trabalho de síntese com o qual pensamos poder contribuir para o conhecimento sobre a Morte em Lisboa na Idade Média. Para o efeito, foram cruzadas as informações das sond...
Want to know more?If you want to know more about this cutting edge product, or schedule a demonstration on your own organisation, please feel free to contact us or read the available documentation at http://www.keep.pt/produtos/retrievo/?lang=en