Type

Database

Creator

Date

Thumbnail

Search results

270 records were found.

O propósito deste trabalho é essencialmente, numa primeira parte, dar a conhecer os serviços de apoio ao utilizador nas bibliotecas, no contexto das novas formas de aprendizagem, resultantes das recentes mudanças ocorridas nas instituições de ensino superior, com o processo de Bolonha. Pretende-se aqui focar o papel que atualmente as bibliotecas universitárias têm no desenvolvimento de competências de literacia informacional dos utilizadores com necessidades especiais, mormente utilizadores cegos e amblíopes. São dados a conhecer alguns serviços de valor acrescentado desenvolvidos pelas bibliotecas da Universidade de Aveiro, bem como novas iniciativas e projetos de apoio a este grupo de utilizadores.
Nas últimas décadas, a Federação Mundial de Surdos e a União Europeia de Surdos têm lutado por uma nova perspetiva da surdez e por uma educação bilingue para os alunos surdos. No seio do Conselho da Europa, tais reivindicações têm-se traduzido em diversas orientações do Parlamento Europeu para os seus Estados membros. Apesar das reivindicações terem por base uma perspetiva cultural, o que se constata é que as políticas para a surdez e para a educação de surdos continuam a surgir enquadradas dentro de planos de ação para as pessoas com deficiência. Em Portugal, a situação é semelhante. A educação de surdos continua enquadrada dentro do âmbito da Ed...
Mapas da comunidade e outros expedientes de expressão de perceções face ao meio e, particularmente, o seu processo de criação podem ser uma ferramenta poderosa na inter-relação comprometida entre as crianças e adolescentes e seu meio envolvente. Pretende-se investigar as perceções de risco de crianças e jovens e sua representação, utilizando Sistemas de Informação Geográfica participativos e, assim, estimular crianças e jovens a responsabilizar-se pelo seu meio envolvente.
Centrado na Problemática do Currículo Nacional do Ensino Básico e das Orientações Curriculares de Geografia, este artigo dá a conhecer quer as razões que presidiram às opções feitas pelas autoras do currículo de Geografia quer as (re)interpretações feitas por professores de Geografia formados na Faculdade de Letras da Universidade do Porto na concretização do currículo prescrito a nível nacional, isto é, nas suas práticas profissionais docentes.
Apresentamos e discutimos resultados preliminares relativos à caracterização e evolução dos procedimentos de alunos do 3.º ano quando resolvem tarefas de multiplicação. Estes inserem-se numa investigação que pretende compreender como os alunos desenvolvem o sentido de número, nos aspetos associados à multiplicação, no âmbito de uma trajetória de aprendizagem. A análise das produções dos alunos e episódios relativos às discussões coletivas revela grande diversidade de procedimentos. Evidencia também a sua evolução, verificando-se, em certos casos, o retorno a procedimentos menos potentes, associado a particularidades das tarefas.
Want to know more?If you want to know more about this cutting edge product, or schedule a demonstration on your own organisation, please feel free to contact us or read the available documentation at http://www.keep.pt/produtos/retrievo/?lang=en