Type

Database

Creator

Date

Thumbnail

Search results

452 records were found.

Políticas públicas arquivísticas constituem uma das dimensões das políticas públicas informacionais. No caso brasileiro, a política nacional de arquivos sugere diversas questões à pesquisa em Ciência da Informação. O Conselho Nacional de Arquivos – CONARQ (órgão colegiado, vinculado ao Arquivo Nacional da Casa Civil da Presidência da República) foi criado em 1991, incumbido de definir uma política nacional de arquivos e atuar como órgão central de um Sistema Nacional de Arquivos - SINAR. Desde 1994, o CONARQ desenvolveu diversas ações técnico-científicas relevantes. No entanto, não formulou - como previsto na legislação - uma política nacional de arquivos e tampouco implementou o Sistema Nacional de Arquivos. A ausência de uma política pública arquivística em nível nacional evidencia as dificuldades estruturais do Estado no desenho e o...
A Sociedade da Informação em que vivemos obriga-nos a reconsiderar a ciência arquivística numa dimensão social, transpondo os arquivos para a esfera da memória colectiva. A Informação tornou-se num instrumento de desenvolvimento da sociedade, a sua fonte e o seu objectivo. É a essência da actividade humana. A preservação digital é um problema da nossa sociedade moderna quando tentamos assegurar a longevidade da nossa herança cultural, dada a constante obsolescência dos recursos e das tecnologias.A motivação para esta temática surge pela experiência profissional num arquivo audiovisual, que gere um fundo visível mas não palpável, de conteúdos em permanente actualização, de suportes frágeis, dependentes de uma cassete ou de um servidor, das sequentes experiências profissionais onde conjuguei o hábito do suporte papel às novas tecnologias...
A Direcção-Geral do Livro e das Bibliotecas (DGLB) é o organismo do Ministério da Cultura responsável, desde 1987, pelo Programa da Rede Nacional de Bibliotecas Públicas (RNBP), acompanhando técnica e financeiramente os projectos municipais de criação e instalação de bibliotecas. De acordo com o consignado nos contratos-programa que a DGLB celebra com os municípios, a gestão das bibliotecas é da responsabilidade destes últimos que se obrigam a cumprir as recomendações constantes do Programa de apoio às bibliotecas municipais da DGLB[1], nomeadamente no que se refere aos recursos e serviços das bibliotecas.No âmbito das suas atribuições, a DGLB realiza, desde 1993, um inquérito anual por questionário às bibliotecas que integram a Rede. O questionário[2], dirigido a todas as bibliotecas com pelo menos um ano de abertura ao público, visa ...
O ensino, a aprendizagem e a investigação constituem funções centrais nas instituições de Ensino Superior. A missão da Universidade consiste em preparar cidadãos capazes de responder aos desafios e exigências colocados pela Sociedade do Conhecimento. Para o concretizar, a introdução de mudanças e melhorias nestas organizações constitui um imperativo.Por outro lado, a aprendizagem ao longo da vida apresenta-se como um imperativo devendo as instituições de Ensino Superior participar neste processo, nomeadamente, através da preparação dos sues diplomados com as competências, conhecimentos e resultados de aprendizagem que promovam o desenvolvimento individual e de que a sociedade necessita de forma a garantir o desenvolvimento económico, social e cultural. O modelo pedagógico que o processo de Bolonha assenta e que deverá conduzir, em 2010...
Este texto tem como objectivo principal a descrição e análise das etapas do processo de pesquisa de informação, baseada nas etapas de Coral Collier Kuhlthau e nos skills de Michael B. Eisenberg, Doug Johnson e Robert E. BerKowitz. O aluno percorre diversas etapas, que produzem uma série de comportamentos relevantes, que vão desde a desordem à ordem cognitivas, ou seja, desde o desconhecimento das técnicas de recuperação da informação ao conhecimento das mesmas, e que permitem ao aluno estudar a matéria curricular e a realização de trabalhos com facilidade e destreza, credibilidade e autenticidade, afasta-o da tentação do plágio ou do paradigma do aluno wikipédia. É na biblioteca escolar que o aluno inicia o processo de pesquisa da informação, ou seja, a pesquisa estruturada, programada e disciplinada, quer nas fontes impressas, quer na...
A presente comunicação tem por objectivo apresentar a Unidade Central de Digitalização da Câmara Municipal do Porto, um projecto implementado em 2009, sob a responsabilidade do Departamento Municipal de Arquivos, co-financiado no âmbito da candidatura da CMP ao Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN) – Por Norte – Eixo Prioritário V – Governação e Capacitação institucional – Sistema de Apoio à Modernização Administrativa (SAMA).Assim, neste artigo descrever-se-ão, resumidamente, as várias fases de crescimento do projecto, desde o planeamento até à sua consolidação: • Enunciação dos pressupostos do projecto,• Definição dos objectivos do projecto e da missão da UCD,• Enumeração dos impactos esperados para a organização e para o cidadão• Desenho da arquitectura funcional do sistema e identificação dos seus agentes• Apresentação d...
Nesta comunicação são abordados alguns pontos fulcrais do novo modelo de pesquisa, descoberta e partilha de informação que se visa implementar nos Serviços de Biblioteca, Informação Documental e Museologia da Universidade de Aveiro, integrando o OPAC (Online Public Accessible Catalog, catálogo de pesquisa bibliográfica) e os seus acervos bibliográficos, agregando conteúdos de fontes externas e contribuições dos seus utilizadores. Neste modelo, não apenas o documento é elemento de referência mas, para além dele, deverá ser também o utilizador em si e toda a sua envolvente (actividades e informação associada ao seu perfil ou comunidades a que pertença), assumindo uma dimensão crucial na geração de informação adicional pelos próprios utilizadores do sistema (potenciada por agentes informáticos agregadores de informação), promovendo comuni...
A Web 2.0 conduziu a um nível sem precedentes de comunicação, criação e partilha de conteúdos, colaboração e desenvolvimento de comunidades em linha. A mudança de paradigma da Web 1.0 para a Web 2.0 configura uma evolução social e tecnológica que afecta várias profissões, reflectindo-se nas expectativas dos utilizadores das bibliotecas e, consequentemente, nos possíveis futuros destas. Assim sendo, afigura-se crucial que os profissionais destas organizações conheçam estes conceitos e as ferramentas associadas, incluindo blogues, wikis, redes sociais, ficheiros de streaming media, sistemas de bookmarking social, aplicações para troca de mensagens instantâneas e recursos de sindicação de conteúdos. Este trabalho teve como objectivo conhecer o nível de implementação do paradigma da Biblioteca 2.0 nas bibliotecas universitárias portuguesas...
Com base na identificação das falhas existentes no sítio Web e no Web OPAC da Rede das Bibliotecas Municipais de Oeiras e das necessidades dos seus utilizadores partiu-se para a reestruturação dos mesmos. Utilizaram-se para o efeito as Guidelines for online public access catalogue (OPAC) displays da IFLA as Web Content Accessibility Guidelines (WCAG) 2.0. da W3C, no sentido de garantir o acesso aos conteúdos de grupos minoritários, tais como pessoas com deficiências físicas ou sensoriais, bem como aos vários agentes de utilizador.
Num universo documental em que muita da produção escrita nasce digital, é urgente e necessário que a comunidade profissional BAD aprofunde conhecimentos nesta área de modo a responder às necessidades no tratamento documental da informação em suporte electrónico. No contexto do Arquivo de Cultura Portuguesa Contemporânea, em cujos espólios as cartas desempenham um papel primordial, é natural que as preocupações nesta área surjam. As mensagens de correio electrónico, podendo evidenciar o valor de uma carta, podem também consubstanciar um universo diferente de prosa. Do ponto de vista da investigação, esta realidade despoleta novas necessidades relativamente ao tratamento da informação, aqui gerada em rede, e resultando em novos produtos documentais. Esta comunicação apresenta algum trabalho de investigação já que a autora entrevistou qua...
Want to know more?If you want to know more about this cutting edge product, or schedule a demonstration on your own organisation, please feel free to contact us or read the available documentation at http://www.keep.pt/produtos/retrievo/?lang=en