Type

Database

Creator

Date

Thumbnail

Search results

76 records were found.

Em 1931, no recém-criado Instituto Superior de Ciências Económicas eFinanceiras (ISCEF), uma das escolas que compunha a Universidade Técnicade Lisboa, surge pela primeira vez em planos de estudos de cursos de ensinosuperior uma cadeira com a designação «cálculo actuarial». No entanto,assuntos de actuariado eram já ensinados em escolas que antecederam esseinstituto, designadamente no Instituto Superior de Comércio (ISC) e, antesdesse, no Instituto Industrial e Comercial de Lisboa (IICL). A primeira vezremonta ao IICL, na 28ª cadeira Operações financeiras, integrada no cursosuperior de comércio, e cujo primeiro programa data de 1888. Também noInstituto Industrial e Comercial do Porto criado em 1886 se prevê o ensinodos mesmos assuntos mas nesta exposição não fazemos referência a esseestabelecimento de ensino.
Durante o período dos descobrimentos e expansão marítima europeia a posição do navio no mar era determinada recorrendo a dois métodos: o método do ponto de fantasia, desenvolvido durante o século XIII no Mediterrâneo e baseado nas direcções indicadas pela agulha de marear e nas distâncias estimadas pelos pilotos; e o método do ponto de esquadria, introduzido pelos portugueses durante o século XV, e baseado na determinaçãoda latitude por métodos astronómicos. Na ausência de quaisquer erros na medição dos rumos, distâncias e latitudes, as duas posições são teoricamente coincidentes. Contudo, e devido ao facto de, no ponto de esquadria, a latitude observada prevalecer sempre sobre os outros elementos de informação, essa coincidência não se verifica na presença da declinação magnética. Enquanto no ponto de fantasia o efeito da declinação m...
Realizou-se na Escola Naval o 24º Encontro do SNHM. Houve 22 conferências, distribuídas pelos dois dias do Encontro. Tiveram lugar duas sessões temáticas, uma sobre a História da Cartografia, a outra de Homenagem a Bento de Jesus Caraça, nos 110 anos do seu nascimento. Nesta sessão a senhora Engenheira Guida Lami não pôde estar presente, sendo a sua comunicação lida por Luís Saraiva, que igualmente apresentou um curto power point da Engenheira Lami «Testemunhos fotográficos inéditos de Bento de Jesus Caraça na Serra da Estrela (1936–1940)», estruturado em torno de fotos do seu arquivo pessoal.
José Vicente Gonçalves (1896–1985) é dos primeiros professores universitários a escrever obras dirigidas a alunos do ensino superior. Os seus manuais surgem da preparação cuidada que faz das suas lições e, são revistos e reformulados fruto da pesquisa que vai desenvolvendo sobre os temas em foco, na tentativa de aprimorar os resultados, refinar as demonstrações e seleccionar novos exemplos e exercícios. É também, significativo o facto de incluir nos seus manuais temas matemáticos recentes e apresentá-los aos alunos. Em particular, de umas edições para as outras do Curso de Álgebra Superior nota-se preocupação em actualizar, reorganizar e redistribuir os temas, reescrevendo e readaptando o texto, não esquecendo a actualização da terminologia e das notações.
A obra de Bento de Jesus Caraça Lições de Álgebra e Análise, publicadaem 1935 e revista em 1945 exerceu forte influência sobre os universitáriosda época, pela clareza da exposição e pela profundidade dos conceitos apresentados.No prefácio da obra, Caraça salienta a importância de um livro da responsabilidadedo professor, embora admita que possa haver o perigo de estese fixar em anos sucessivos nos mesmos temas sem se inovar e critica de formaviolenta a nefasta influência da sebenta, que considera uma das razões doatraso então existente no ensino da matemática.É manifesto o paralelismo dos temas tratados nas Lições e nos ConceitosFundamentais da Matemática, de 1941, que gerações de professores e estudantesdos países de língua portuguesa apreciaram nos primeiros contactoscom as matemáticas superiores. As duas obras estão estruturadas em ...
Apresentamos algumas linhas gerais do projecto de investigação A Herança de Hilbert na Filosofia da Matemática, financiado pela FCT/MCTES, PTDC/FIL-FCI/109991/2009.O nosso objectivo é reavaliar as ideas de David Hilbert que contribuiram—e contribuem—para o desenvolvimento da filosofia da matemática. Por um lado, a história do programa de Hilbert é um successo, apesar dos resultados de Gödel. Gerhard Gentzen foi o primeiro que mostrou como podemos demonstrar a consistência (relativa) de sistemas matemáticos formais. Ainda hoje, o estudo da consistência relativa é uma parte importante da investigação em lógica matemática. Por outro lado, muitos tópicos da actual filosofia da matemática contêm ideias de Hilbert, não observadas ou ignoradas.
A definição de continuidade nem sempre foi a que aceitamosactualmente e, em particular, chegou a confundir-se com a propriedade dovalor intermédio. Esclarecidas as duas noções, certo é que a segunda éconsequência da primeira mas não equivalente a ela. Este artigo abordaem detalhe alguns resultados inspirados em exemplos que distinguem estesdois conceitos, e dedica a última secção a aplicações. A bibliografia, sem serexaustiva, contém informação complementar cuja leitura se recomenda.
Referido, de forma breve, o nascimento das academias científicas da era moderna, em particular da Academia das Ciências de Lisboa, em 1779, e o impacto que esta teve, entre nós, na alteração da cultura tradicional da época, toda voltada para as belas letras, passaram a ser indicadas as memórias mais notáveis dos académicos matemáticos publicadas pela Academia no primeiro século da sua existência.
Apresentamos a seguir, com tradução, uma recensão [Brunacci1816 ], referente à «edição» de 1816 e publicada em Itália nesse mesmo ano— mais precisamente, no número de Março–Abril de 1816 do Giornale diFisica, Chimica, Storia Naturale, Medicina ed Arti. O original está disponívelonline em <http://www.google.com/books?id=DFhEAAAAcAAJ&pg=153> (consultado em 17 de Maio de 2011).
Leonhard Euler (1701–1783) foi provavelmente o mais influente matemático do séc. XVIII. Entre as suas obras clássicas contam-se três tratados que, no seu conjunto (perfazendo seis volumes), fornecem uma apresentação «completa» do cálculo infinitesimal: uma introdução à análise infinitesimal [Euler 1748 ]; um tratado de cálculo diferencial [Euler 1755 ]; e um tratado de cálculo integral [Euler 1768–1770 ]. Estes tratados são muito mais avançados do que quaisquer outros publicados anteriormente — por exemplo, a maior parte de [Euler 1768–1770 ] é dedicada às equações diferenciais, e em particular [Euler 1768–1770 , vol. III] é quase inteiramente dedicada às equações diferenciais parciais, que nunca antes tinham sido objecto de um tratamento sistemático. Para além disso, na altura do seu aparecimento este tratados foram inovadores em dive...
Want to know more?If you want to know more about this cutting edge product, or schedule a demonstration on your own organisation, please feel free to contact us or read the available documentation at http://www.keep.pt/produtos/retrievo/?lang=en