Type

Database

Creator

Date

Thumbnail

Search results

16 records were found.

O artigo tem como objetivo mostrar aspectos marcantes da desigualdade socioespacial na cidade de São Paulo: as favelas, num extremo, e os condomínios fechados, noutro. Mostra a evolução da população na metrópole e na cidade de São Paulo e seu padrão de crescimento espacial, com maior crescimento da periferia pobre. A população da cidade está envelhecendo, embora a distribuição espacial da estrutura etária ainda conserve a periferia bem mais jovem que a centro. A associação renda - escolaridade – local de moradia é nítida: o anel periférico tem renda e escolaridade menor. O artigo descreve também a formação da cidade, sua forte expansão nos anos 40 primeiros anos do século XX e seu empobrecimento na virada do século. A segregação social, antes confinada à periferia, muda sua espacialização. As favelas crescem, constroem-se condomínios f...
Este artigo procede a uma apresentação do fenómeno condomínios fechados, seguindo uma linha interpretativa e analítica específica e recorrendo a uma ilustração particular - a caso da Área Metropolitana de Lisboa. Propomos uma interpretação do fenómeno, analisamos as suas principais dimensões variáveis, a sua história e a sua expressão.
Dissertação apresentada para obtenção do grau de doutoramento em Engenharia Civil, na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, sob a Orientação do Professor Paulo Pinho
Este trabalho analisa o processo de expansão urbana do município de Campinas através dos condomínios e loteamentos fechados, a partir dos anos 1970, momento em que são introduzidos os loteamentos fechados em área rural e os condomínios fechados em área urbana, até 2005, quando é realizado um levantamento na Prefeitura Municipal: loteamentos rurais fechados (1974-1980), condomínios fechados (1976-2005) e loteamentos fechados em área urbana (1996-2000). Com base em pesquisa bibliográfica, documental e de anúncios em jornais, são abordadas as estratégias de localização, o respaldo legal e as contradições desse processo, destacando como esses empreendimentos interferem no processo de expansão urbana do município. São identificadas cinco áreas de concentração de condomínios e loteamentos fechados, que são caracterizadas a partir da análise ...
A escolha do tema teve como principal motivo o fato de eu ter trabalhado por dez anos no departamento técnico da administração do Alphaville Residencial 10, onde era responsável pelas aprovações dos projetos bem como pela fiscalização das obras ali construídas. O fator inquietante é a preocupação dos futuros moradores, em sua quase maioria, para que estejam sempre alinhados aos anseios do mercado imobiliário, independentemente de seu real programa de necessidades. Os modos de vida mudam, e com eles as necessidades, e com estas os programas de necessidades, que estão, portanto, em permanente modificação. Mas a edificação é sólida, estática; assim, estará em constante processo de obsolescência enquanto estiver de pé e em uso. Daí reformas, puxados, procuram atualizar as edificações, a fim de se adequarem às novas imposições. Em quanto...
O objetivo deste trabalho é compreender a lógica de produção imobiliária dos núcleos residenciais fechados nas franjas metropolitanas de São Paulo, através da compreensão do discurso ideológico de seus empreendedores que, ao desqualificar o espaço público, valoriza o seu produto projetado para ser fechado. O trabalho apoia-se no estudo de caso de Alphaville Barueri, um dos primeiros e mais conhecidos loteamentos fechados do Brasil, através da análise das características fundiárias, do processo de incorporação, dos agentes envolvidos, das características físico-territoriais, dos elementos objetivos e subjetivos colocados à venda, como espaço, segurança, meio ambiente e sustentabilidade. Comparando os dados coletados com o discurso, pode-se concluir que muitas das premissas de promoção do empreendimento não correspondem à realidade. A an...
Nesta dissertação, analisa-se a ascensão do modelo de empreendimento residencial vertical com ampla oferta de espaços de lazer em condomínio - aqui denominado supercondomínio - ao longo da década de 2000, na Região Metropolitana de São Paulo. Não se restringindo às explicações mercadológicas, justificadas pelo estabelecimento de uma suposta \"nova forma de morar\", o trabalho busca, por meio da caracterização da produção, exposição da lógica financeira e análise do marco regulatório, demonstrar como a reestruturação do processo produtivo no contexto do Boom, levou à revisão das estratégias de atuação dos promotores imobiliários. As quais, dado o marco regulatório vigente, consolidaram os supercondomínios como o novo modelo de empreendimento a ser seguido.
Os condomínios e loteamentos fechados constituem um fenômeno urbano que vem se espalhando por todas as metrópoles brasileiras. Desde o final dos anos 1980, podemos observar um grande aumento no número de condomínios fechados dentro da Região Metropolitana de São Paulo (RMSP). Os condomínios e loteamentos fechados, antes destinados à moradia da classe alta e localizados em grandes áreas das zonas periféricas da RMSP, atualmente atendem outras classes sociais e possuem características bastante distintas (tamanho da gleba, unidade habitacional, serviços coletivos). A preocupação com conforto foi suplantada pela necessidade de segurança e pelo status. A proliferação desses loteamentos e condomínios fechados nos últimos quinze anos vem modificando a configuração espacial de algumas áreas da Região Metropolitana. Segundo alguns autores, o ...
Want to know more?If you want to know more about this cutting edge product, or schedule a demonstration on your own organisation, please feel free to contact us or read the available documentation at http://www.keep.pt/produtos/retrievo/?lang=en