Type

Database

Creator

Date

Thumbnail

Search results

69 records were found.

Identificar na literatura científica fatores determinantes na vivência do luto por perda de gravidez precoce. Metodologia: Revisão de literatura a partir da formulação de uma pergunta de partida que orientou a pesquisa. Foi realizada entre janeiro e fevereiro de 2012, nas bases de dados eletrónicas da Medline, Academic Search Complete, Google Académico, Biblioteca Virtual da Saúde. Critérios de inclusão: estudos publicados entre 2002 e 2012, disponíveis em texto completo, de acesso livre, foco na vivência da mulher na perda de uma gravidez precoce, usando como palavras-chave luto, aborto, perda, vivência. Encontraram-se 24 artigos, selecionados 17. Para análise, foram identificadas categorias. As categorias mais evidentes foram; doloroso e difícil acontecimento; experiência traumática; ambivalência; falta de sentido da perda; perda da...
O presente projeto de mestrado visa contribuir para apresentar, sistematizar e divulgar informação sobre a temática das Ciências do Luto, num contexto social e pedagógico, quer para benefício dos utentes, quer dos profissionais da área. A forma encontrada para fazer esta divulgação passou pela elaboração de uma base de dados composta por fichas terminológicas, contendo variada informação sobre cada termo. No fim da elaboração da base de dados proceder-se-á à sua publicação online para o início do processo de divulgação. Este processo requereu uma reflexão teórica prévia acerca das áreas da terminologia, terminografia e socioterminologia, e ainda à temática do Luto, antes do início do processo metodológico propriamente dito. O processo metodológico iniciou-se com a recolha de textos constituintes do corpus, de onde foram selecionados os...
O presente projecto de mestrado visa apresentar, sistematizar e divulgar informação sobre a temática das Ciências do Luto, num contexto social e pedagógico, quer para benefício dos utentes, quer dos profissionais da área. A forma encontrada para fazer esta divulgação passou pela elaboração de uma base de dados composta por fichas terminológicas, contendo variada informação sobre cada termo. No fim da elaboração da base de dados proceder-se-á à sua publicação online para o início do processo de divulgação. Este processo requereu uma reflexão teórica prévia acerca das áreas da terminologia, terminografia e socioterminologia, e ainda à temática do Luto, antes do início do processo metodológico propriamente dito. O processo metodológico iniciou-se com a recolha de textos constituintes do corpus, de onde foram seleccionados os candidatos a ...
A prática dos profissionais de saúde em contexto clínico pode desencadear sobrecargas diversas que, por vezes, conduzem a quadros de burnout ou fadiga de compaixão. No entanto, a exposição à morte e a perdas repetidas pode condicionar um tipo de sofrimento que designámos de sobrecarga de luto profissional ou luto insulado. Objectivo: Construção e validação da Escala de Sobrecarga Luto Profissional (SLP) que procura avaliar a intensidade do “luto insulado” em profissionais de saúde expostos a mortes frequentes. Método: Amostra de 360 enfermeiros (taxa de resposta de 70.6% da totalidade de enfermeiros) dos serviços de medicina interna, oncologia, hematologia e cuidados paliativos de cinco instituições de saúde do Distrito de Lisboa. Resultados: Da análise factorial de componentes principais resultaram quatro factores multidimensionais d...
O objectivo do presente estudo exploratório prende-se com a análise da percepção da qualidade de vida e das estratégias de coping familiares numa amostra composta por sujeitos que experienciaram a perda de alguém significativo e o concomitante processo de luto (Grupo A, N=100) e por sujeitos que referiram não ter vivido perda de pessoas significativas (Grupo B, N=20). Os instrumentos utilizados nesta análise foram um Questionário Sócio-Demográfico, o Inventário Qualidade de Vida (QV – Olson & Barnes, 1982, formulário parental na versão portuguesa validada por Simões (2008)) e as Escalas de Avaliação Pessoal Orientadas para a Crise em Família (F-COPES – McCubbin, Olson & Larsen, 1981,versão portuguesa validada por Martins (2008)). Os resultados demonstraram que não existem diferenças estatisticamente significativas entre os dois grupos ...
Este artigo pretende contribuir para aprofundar o conhecimento acerca da interpretação que os diferentes profissionais devem ter da morte e da sua capacidade de intervenção, bem como conceber estratégias de suporte no luto em contexto profissional. Está dividido em duas partes, sendo a primeira composta por uma revisão bibliográfica, de conceitos transversais à Educação Social. Na componente empírica foram aplicados questionários a alguns profissionais integrados em instituições sociais. O estudo foi direccionado para uma análise exploratória. Os resultados revelaram que para estes profissionais é fundamental uma rede de apoio que lhes permita libertarem-se da subtileza da problemática não permitindo que esta afecte a sua vida pessoal. É fundamental perspectivar uma maior influência do Educador Social como mediador em equipas multidisc...
Os autores do conceito de «televisão cerimonial» reflectem neste artigo sobre as comemorações e as homenagens em torno de Diana de Gales, que consideram como «peregrinações, encontros com um “sagrado” definido em termos de inacessibilidade». Diana desempenha aqui o papel de «um começo, de uma entrada, de uma ligação entre os mundos, representa o ponto em que as grandes periferias podem, de pleno direito, e sem sanção violenta, aproximar-se da ostentação, da «pompa e circunstância».
A perda gestacional constitui um acontecimento potencialmente traumático, devido ao seu carácter normalmente inesperado e imprevisível. Ao processo de luto subsequente a este evento estão subjacentes algumas tarefas (nomeadamente, a aceitação da morte e a expressão emocional da dor que lhe está associada), existindo um conjunto variado de manifestações emocionais, cognitivas, comportamentais e fisiológicas que constituem reacções esperadas face às circunstâncias. Embora apenas uma minoria dos casais que se confronta com uma perda gestacional desenvolva psicossintomatologia clinicamente significativa, os profissionais de saúde mental podem ter um papel relevante na promoção da aceitação da perda e da expressão emocional, bem como na integração deste acontecimento. O presente trabalho debruça-se sobre as especificidades da vivência do lu...
Dissertação de mest., Gerontologia Social, Escola Superior de Educação e Comunicação, Univ. do Algarve, 2010
Want to know more?If you want to know more about this cutting edge product, or schedule a demonstration on your own organisation, please feel free to contact us or read the available documentation at http://www.keep.pt/produtos/retrievo/?lang=en