Type

Database

Creator

Date

Thumbnail

Search results

44 records were found.

Resumo da tese: A obesidade e o excesso de peso, são definidas como o excesso de gordura corporal que acarreta problemas para a saúde do indivíduo. A obesidade é considerada hoje em dia uma epidemia global, registando a nível mundial um aumento em prevalência e severidade em todas as faixas etárias. Este trabalho aborda exclusivamente a obesidade em idade pediátrica, tentando associa-la a períodos sensíveis ao seu desenvolvimento. O conceito de períodos críticos é baseado na noção de que exposições ambientais durante certas fases do desenvolvimento irão resultar em mudanças permanentes no funcionamento do organismo. O primeiro período crítico do desenvolvimento é a vida intra-uterina e os primeiros meses de vida, uma vez que influenciam a predisposição, entre outras, para obesidade futura do feto. O estado nutricional materno influenci...
Resumo da tese: A alimentação da criança é um dos factores mais importantes na saúde infantil. No 1º ano, o leite materno assume o papel principal como o modelo do alimento completo e equilibrado. No entanto, chega a um momento em que já não consegue suprir exclusivamente as necessidades crescentes do lactente. Assim, inicia-se a fase da diversificação alimentar, definida como um periodo de transição, onde gradualmente se vão introduzindo, com prudência, alguns alimentos, para além do leite, preparados de forma adequada em termos quantitativos e de consistência, até à integração na dieta familiar. Novas recomendações vão surgindo, tornando, ultrapassadas algumas práticas pediátricas utilizadas por muito tempo. Não havendo verdades absolutas, o que explica por vezes a variabilidade de atitudes, também necessárias face às diferenças cult...
Resumo da tese: O sabor é um dos principais determinantes do desenvolvimento de preferências e aversões alimentares, influenciando desta forma a escolha dos alimentos e, consequentemente, a saúde e o risco de doenças no Ser Humano. O desenvolvimento dos hábitos alimentares tem diferentes vertentes: 1) transmissão genética - gosto inato ao doce e aversão ao amargo; 2) factores culturais - o comportamento inato em relação aos gostos elementares converte-se numa conduta integrada a nível cortical e tem associação com relações afectivas e sociais; 3) factores familiares - criar um ambiente familiar positivo, apresentar alimentos novos múltiplas vezes e não desistir facilmente; 4) imitação - aprendizagem por imitação e o desejo de agradar aos adultos. Todas estas vertentes parecem ter um papel muito importante no desenvolvimento do paladar ...
São incontáveis os milhões de euros e dólares investidos no combate à obesidade, particularmente à obesidade pediátrica, ao longo das duas últimas décadas. Resultado: na Europa, em 2002, a prevalência registada para a obesidade pediátrica ultrapassou em cerca de 6% a prevalência estimada tendo por base de cálculo o incremento registado entre 1980-1990 e, em países em vias de desenvolvimento da América do sul, norte de África e Ásia observaram-se, no mesmo período de tempo,incrementos percentuais anuais médios de 20-30%! Nesta altura a OMS assumiu que a situação estava, efectivamente, “fora de controlo”.
Resumo da tese: O sobrepeso e a obesidade infantil apresentam uma prevalência elevada e um carácter multifactorial. Com o objectivo de caracterizar o estado nutricional de uma população de crianças pré-escolares e relacioná-lo com diversas variáveis antropométricas e comportamentais, foi realizado um estudo de corte transversal a 175 crianças dos 3 aos 6 anos de idade de uma escola privada da zona do Grande Porto. Osobrepeso e a obesidade foram, respectivamente, definidos como Índese de Massa Corporal (IMC) igual ou superior aos percentis (Pc) 85 e 95, para a idade e para o sexo, de acordo com os pontos de corte propostos pelo Centers for Disease Control and Prevention (DCD) DE 2000. procedeu-se à avaliação antropométrica (peso, estatura, perímetro da cintura, perímetro da anca e perímetro do meio braço) das crianças e foi enviado um q...
Resumo da tese: O rápido aumento, nas últimas décadas, da prevalência da obesidade infantil, bem como da sua comorbilidade, leva-nos a pensar na necessidade de criar programas efectivos para o seu tratamento. O presente trabalho teve como objectivo, avaliar a eficácia de dois tipos distintos de intervenção comportamental, no tratamento de crianças e adolescentes obesos, tendo por base diferentes períodos de observação. O estudo teve a duração de 4 meses e foi composto por dois tipos distintos de intervenções: baseada na família associada a terapia comportamental (grupo de estudo); baseadas na família (grupo de controlo). O primeiro grupo participou em três sessões de educação, intervaladas de 2 meses, enquanto que o grupo de controlo participou nas consultas de rotina de Nutrição Pediátrica, de 4 em 4 meses. Em cada sessão ou consulta,...
Want to know more?If you want to know more about this cutting edge product, or schedule a demonstration on your own organisation, please feel free to contact us or read the available documentation at http://www.keep.pt/produtos/retrievo/?lang=en