Type

Database

Creator

Date

Thumbnail

Search results

3 records were found.

De etiologia multifatorial, a síndrome dolorosa fêmoro-patelar (SDPF) acomete de 7 a 15% da população, em sua maioria jovens, adultos e ativos. Causa dor difusa anterior ou retropatelar e é exacerbada durante atividades funcionais, como subir e descer degraus, permanecer por um período prolongado sentado, agachado ou ajoelhado (COWAN, BENNELL e HODGES, 2002). Tanto o processo de avaliação quanto a evolução do tratamento baseiam-se, fundamentalmente, no relato de dor feito pelo paciente e na incapacidade funcional. Diagnosticar corretamente o distúrbio possibilitaria um tratamento mais adequado e permitiria o acompanhamento do quadro evolutivo do paciente ao longo do tratamento proposto. Desta maneira, propôs-se a análise de alguns parâmetros biomecânicos para melhor caracterização destes indivíduos. 33 voluntárias - 11 com diagnóstico ...
Subir e descer escadas são atividades funcionais habituais e muito relatadas como queixa principal por pacientes com alterações ortopédicas como a síndrome dolorosa femoropatelar - por ser um movimento que acarreta descarga de peso unilateral e assim causa um aumento da dor - e por pacientes com afecções neurológicas - devido à dificuldade na execução deste gesto. Além disso, a subida e descida de escadas é habitualmente utilizada como técnica terapêutica na reabilitação destes pacientes; porém poucos estudos foram realizados com o intuito de caracterizar este gesto e, estes estudos, concluem que a alta variabilidade dos dados não permite confirmar os resultados. Estudos com pacientes com dor femoropatelar usualmente avaliam estes sujeitos com eletromiografia de superfície e sugerem que exista um déficit de equilíbrio na musculatura es...
A síndrome dolorosa femoropatelar (SDFP) é definida como dor anterior, ou retropatelar, na ausência de outras enfermidades, e acomete até 25% da população em alguma fase da vida, sendo mais comum em mulheres e pessoas com grau de treinamento mais elevado. Assim como outras lesões esportivas, a SDFP tem sido um grande fator de interrupção do treinamento físico para muitos atletas de alto nível e amadores. Com isto, o objetivo geral desse trabalho foi debater a ocorrência da SDFP como lesão esportiva, suas possibilidades de prevenção e o treinamento adequado para recuperação pós-lesão, demonstrado em diversas pesquisas. Para tanto, o trabalho foi desenvolvido diante de uma perspetiva de revisão de literatura, abordando as características específicas da síndrome, o diagnóstico, população alvo, como ocorre seu desenvolvimento, como ela afe...
Want to know more?If you want to know more about this cutting edge product, or schedule a demonstration on your own organisation, please feel free to contact us or read the available documentation at http://www.keep.pt/produtos/retrievo/?lang=en