Type

Database

Creator

Date

Thumbnail

Search results

105 records were found.

Este trabalho procura compreender o exercício da liderança no desporto de acordo com as abordagens carismática e transformacional (Bass, 1985, 1998; Bass & Avoio, 1993; Conger & Kanungo, 1998) e os contributos dados no âmbito dos modelos multidimensional (Chelladurai, 1978, 1984a) e das acções do treinador (Côté, 1998; Côté et al., 1995c). Para tal são realizados três estudos, sendo o primeiro direccionado para o desenvolvimento de um novo instrumento de avaliação (Escala Multidimensional de Liderança no Desporto - EMLD) que propõe a inclusão das dimensões mais recentes desta área. No segundo estudo utilizam-se os dados da adaptação da EMLD (N = 1714) para analisar os estilos de liderança de acordo com a perspectiva dos atletas, verificando-se diferenças significativas nos cinco grupos determinados (género, tipo de modalidade praticada...
A modificação dos comportamentos de risco e o estudo dos factores psicossociais associados a tais comportamentos têm vindo a assumir um papel central no domínio da prevenção do VIH/SIDA. Com efeito, têm sido vários os factores psicossociais relacionados com práticas de risco, por um lado, e com a adopção de comportamentos e estratégias de protecção contra a infecção do VIH/SIDA. É o caso, entre outras, de variáveis como o grau de conhecimentos, as crenças e normas sociais partilhadas pelo grupo de pares e outros significativos, as atitudes favoráveis ou desfavoráveis relativamente a comportamentos de prevenção e protecção, a percepção de controlo e de eficácia pessoal na execução de comportamentos preventivos e as percepções relativamente aos custos e benefícios dos comportamentos de risco ou preventivos. Nos últimos anos têm sido evid...
Este estudo visou contribuir para um aprofundamento do conhecimento sobre o funcionamento das variáveis e indicadores psicológicos no âmbito prisional e, especificamente, a sua relação com a adaptação à prisão. Apesar do elevado número de investigações já feitas no contexto da adaptação e ajustamento à prisão, existe uma lacuna na integração destes conceitos com outros constructos conceptualmente relacionados, nomeadamente constructos associados ao bem-estar e ajustamento psicológico: estratégias de coping, as crenças acerca do próprio, a capacidade para se autorregular, os estados de humor mais frequentemente experienciados, bem como os níveis de otimismo, positividade e satisfação com a vida. Os stressores a que esta população está sujeita podem dificultar a adaptação à vida intramuros. Assim, importa saber quais as estratégias norma...
A ansiedade é hoje vista pela comunidade científica como um processo cognitivo, volitivo e emocional aglutinador de recursos e o seu estudo tem, desde há muito tempo, estado ligado ao estudo da atenção. Hoje em dia existem dois grandes modelos teóricos em torno desta temática: Teoria do Reinvestimento e Teoria da Eficiência do Processamento. Este estudo tenta explorar e compreender as relações atenção/ansiedade através de um contexto de realização onde o seu impacto é mais visível, imediato e notório: o desporto. Com uma amostra de atletas de sucesso (n = 80) de várias modalidades e com o recurso a várias medidas de auto relato (onde estão incluídas escala de ansiedade no desporto, percepção de ameaça, supressão de pensamentos, controlo atencional, interferência cognitiva, reinvestimento, e auto controlo). Os dados apontam para um impa...
Na procura da compreensão dos factores e competências psicológicas que acompanham os bons e elevados desempenhos e rendimentos desportivos, alguns constructos têm vindo a ser referidos pela literatura como elementos associados à qualidade do rendimento desportivo. É o caso da capacidade de visualização mental, as experiências de flow, as expectativas de autoeficácia, a ansiedade do rendimento e as avaliações cognitivas (percepção de ameaça e desafio) na competição desportiva. São esses factores (e as suas inter-relações) que pretendemos analisar mais detalhadamente no nosso estudo, particularmente junto de uma amostra de atletas de desporto adaptado, onde a investigação psicológica (tanto em termos internacionais, como nacionais) é ainda escassa. Os participantes neste estudo exploratório e correlacional foram 34 sujeitos, todos eles d...
Nas últimas décadas, com a emergência do “movimento” da Psicologia Positiva, assiste-se a um despoletar de investigações centradas na compreensão dos desempenhos excelentes em diversos contextos de realização. Contudo, apesar desta diversidade de estudos, muitas são ainda as dúvidas que persistem em torno da conceptualização e explicação da excelência, faltando uma teoria “unificadora” para a sua compreensão. Quando nos centramos no estudo da excelência no desporto, facilmente identificamos quatro grandes temáticas de investigação, ou seja, os estudos centrados na identificação das características e competências psicológicas, aqueles que se salientam fundamentalmente variáveis emocionais, os que destacam a importância e o papel da prática deliberada, e, ainda, os que, entre as inúmeras variáveis de natureza social e contextual, acentua...
O presente estudo procurou observar a relação entre a percepção que os atletas têm do seu treinador, enquanto líder, e a coesão de grupo ao longo da época, procurando, da mesma forma, encontrar uma relação entre estas variáveis, a satisfação dos atletas e o rendimento das equipas. Foi seguida a teoria de Brawley e colaboradores (1987), que consideraram a observação da relação entre coesão, seus antecedentes e consequências como a adequada condução deste tipo de estudo. Participaram neste estudo 108 atletas séniores e de nacionalidade portuguesa, que pertenciam a todas as equipas (seis equipas do sexo masculino e cinco equipas do sexo feminino), do Campeonato de Voleibol da 1ª Divisão Nacional, na época de 1995/96. A análise destas relações foi efectuada em dois momentos principais (um no início e outro no final da época desportiva) de ...
O presente trabalho abordou, ao longo de cinco estudos, o tema do stress, emoções e confronto no contexto desportivo. Nos três primeiros estudos participaram 550 atletas de diversas modalidades e de ambos os sexos, dos escalões juvenil, júnior e sénior. O principal objectivo do primeiro estudo consistiu em avaliar as propriedades psicométricas das versões portuguesas da Sport Anxiety Scale (R. E. Smith et al., 1990), e do Brief COPE (Carver, 1997), bem como a versão traço da Escala de Avaliação Cognitiva – Percepção de ameaça (Cruz, 1994), recorrendo, para o efeito, à técnica de Análise Factorial Confirmatória. As análises realizadas confirmaram as boas características psicométricas destes instrumentos e a sua potencial utilidade para a investigação e intervenção psicológicas futuras em contextos desportivos. O segundo estudo procurou,...
O interesse pelos desempenhos criativos e excepcionais desde sempre alimentou a curiosidade científica dos investigadores das mais diversas áreas do conhecimento, tendo sido renovado pelo movimento da Psicologia Positiva e pela ênfase nas potencialidades e forças do indivíduo. Deste modo, vários investigadores se têm dedicado ao estudo da identificação precoce dos excelentes, do desenvolvimento e aquisição da expertise, das características pessoais e do papel dos mediadores contextuais, procurando explicar o processo de desenvolvimento e manifestação da excelência. O estudo da excelência é, assim, caracterizado pela complexidade associada ao próprio conceito, e pela diversidade de abordagens teóricas e metodológicas ao seu estudo. Em contexto nacional, a investigação neste domínio é ainda bastante incipiente. Partindo desta conjuntura,...
Esta investigação desenvolveu-se no âmbito do contexto desportivo e pretende fundamentalmente explorar os principais atributos mentais associados ao rendimento atlético. Começamos por definir o que são competências psicológicas, destacando os seus fundamentos teóricos, o processo pelo qual se desenvolvem e damos também a conhecer algumas das formas para proceder à sua avaliação. Depois, efectuamos uma descrição das dimensões psicológicas mais relevantes, entendidas estas como organizadores cognitivos mais abrangentes, onde incluímos a motivação, a atenção, as emoções, a autoconfiança e o trabalho de equipa. Para cada uma delas, mencionamos os principais paradigmas que as suportam bem como sugerimos algumas propostas de aplicação prática que visam a sua optimização. A ênfase que colocamos no treino mental tem a sua maior expressão na ...
Want to know more?If you want to know more about this cutting edge product, or schedule a demonstration on your own organisation, please feel free to contact us or read the available documentation at http://www.keep.pt/produtos/retrievo/?lang=en